em destaque

CM TV

Diretor Octávio Ribeiro
Dir.-adj. Carlos Rodrigues, Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso, José Carlos Castro
Dir.-adj. de Programação Francisco Penim
A mão da geringonça

A mão da geringonça

21 de abril, 00:30

As contas do FMI situam a dívida portuguesa como a quarta maior.

Há boas notícias num programado conta-gotas. As reformas de quem começou a trabalhar aos 14 e tem 60 não terão qualquer corte. O salário mínimo será de 600 euros no fim da legislatura, 2019. Justiça.

Mas como o mundo não é justo, chegam de fora as más notícias. As contas do FMI situam a dívida portuguesa como a quarta maior do mundo. Nas contas da Bloomberg, o imposto nos combustíveis atira o preço para dos mais elevados do mundo.

É este o modus vivendi da geringonça, dar com uma mão e tirar com a outra, enfatizar a que dá e deixar a outra no bolso, escondida. Razão tem o comunista Paulo Sá: "É preciso reverter o saque fiscal". Ora nem mais.

Acontece que quando não se cria riqueza para criar justiça, tem de se usar o que está à mão. A que dá e a que tira.

comentários

comentar
Faltam 350 caracteres