em destaque

CM TV

Diretor Octávio Ribeiro
Dir.-adj. Carlos Rodrigues, Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso, José Carlos Castro
Dir.-adj. de Programação Francisco Penim
No reino dos bufos

No reino dos bufos

20 de maio, 00:30

Envolvimento de Temer mostra que no Brasil nada bate certo.

A contar pelos últimos casos a poderosa operação Lava Jato não visava, afinal, só o PT de Lula & Dilma. É uma boa e uma má notícia. É positiva porque parece que a justiça funciona e é péssima por demonstrar que no Brasil cada vez mais nada bate certo. E mesmo a boa notícia é perversa.

Ao sustentar o processo judicial na chamada delação premiada – que é como quem diz com benesses para os bufos – os procuradores fazem uma gestão cirúrgica das acusações recorrendo a um método que parece visar mais a marcação da agenda política do que a independência da magistratura.

O envolvimento de Michel Temer e do líder do partido que o sustenta no poder surge numa altura em que o país estava aparentemente à beira de acordos em matérias de legislação de trabalho e segurança social, mas também quando o Senado se preparava para aprovar uma lei sobre o controlo do abuso de autoridade. Ou seja, um diploma que limitava os poderes da justiça, e que muitos acreditam visar em última análise a própria Lava Jato.

E foi neste contexto que surgiu o envolvimento de Temer que, a perder aliados políticos – como Dilma antes da destituição – e com o Brasil na rua, parece ter os dias contados.

comentários

comentar
Faltam 350 caracteres